Destino Nacional

Passeios em Recife [2023]

Está procurando por passeios em Recife? Então saiba que isso não vai faltar. Afinal de contas, há muito o que se fazer na região.

Mesmo porque a capital de Pernambuco é cheia de muita história, cultura e paisagens incríveis. E tudo isso sem nem sequer falar da gastronomia que é irresistível.

Inclusive, a capital tem muita referência da arquitetura holandesa, além de lindas construções históricas e uma cena cultural ativa e muito divertida.

Então, se você está em busca de passeios em Recife, há alguns que você não pode deixar de fazer. Dentre eles, podemos citar os seguintes:

O que este artigo aborda:

1. Recife Antigo e o marco zero

Começando pelo centro histórico de Recife, está a Praça Barão do Rio Branco, que foi o local onde a cidade começou a nascer.

Passeios em RecifePin It”>Passeios em Recife” class=”pin-it-button” count-layout=”horizontal”>Pin It

O mais legal é que há uma estátua do Barão do Rio Branco toda em bronze, a qual tem mais de dois metros de altura.

Fora isso, o local também é marcado por uma rosa dos ventos, criado pelo artista pernambucano Cícero Dias, feitas com pedras coloridas.

É a partir dali que você poderá conhecer outras atrações tão icônicas da cidade, e tudo a uma curta caminhada de distância.

Sendo assim, não esqueça de colocar sapatos confortáveis. Inclusive, a própria praça possui várias opções para almoço, inclusive com bares e restaurantes com vista para o mar.

2. Rua do Bom Jesus

Trata-se de um enfileirado de casinhas, todas coloridas, que fica na Rua do Bom Jesus. É um dos cenários que mais representa a capital pernambucana.

Mesmo porque ele é um dos mais fotografados. É por lá que ficam algumas das atrações mais importantes da cidade, como a Embaixada dos Bonecos Gigantes.

Ademais, como é a via mais antiga de Recife, é uma atração por si só. Inclusive, é válido destacar que ela foi de grande importância durante a ocupação holandesa, em especial para os judeus que chegaram à cidade.

Sendo assim, não é incomum encontrar pessoas se referindo como a Rua dos Judeus. Vale muito a pena reservar um tempo para andar pela calçada e registrar todos os detalhes.

3. Embaixada dos bonecos gigantes

Na Rua do Bom Jesus, também fica a embaixada dos bonecos gigantes. É lá o endereço dedicado ao carnaval mais conhecido de Pernambuco, também um dos mais desejados do Brasil.

Na verdade, a embaixada é um tipo de museu que guarda os tradicionais bonecos gigantes do carnaval pernambucano.

No entanto, também é um dos locais mais visitados da cidade, uma vez que recebe cerca de 300 turistas por dia.

Portanto, a dica é chegar cedo, a fim de evitar filas. Outra coisa que não podemos deixar de citar é que o acervo muda com bastante frequência, mas sempre traz as grandes personalidades, como Pelé, Neymar, Alceu Valença, Luiz Gonzaga, Ariano Suassuna etc.

4. Paço do Frevo

O frevo já é considerado um Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco. Então, só de conhecer a região você tem a obrigação de ter uma experiência de perto desse ritmo.

E é no Paço do Frevo que você vai ter um contato ainda mais gostoso. Por lá, a história do ritmo musical é celebrada por meio de exposições, aulas de dança e diversas manifestações artísticas.

5. Sinagoga Kahal Zur Israel

Essa é considerada a primeira sinagoga das Américas, a qual foi fundada no século 17, bem como boa parte das demais construções do centro histórico.

Em suma, surgiu durante o período de ocupação holandesa, mas hoje é um centro judaico e um amplo espaço expositivo que está aberto para visitação.

Inclusive, há vários documentos sobre a história do povo judeu em Pernambuco, até mesmo antigos espaços para banhos e rituais para purificação.

6. Igreja da Madre de Deus

Nada mais é do que uma igreja barroca datada do século 17, mas que está muito bem preservada. Uma curiosidade é que essa é uma das mais antigas da cidade, a qual foi tombada em 1938 devido sua importância cultural.

Ademais, a Igreja de Madre de Deus serviu como um espaço de fé para os Padres Oratorianos de São Filipe Néri.

Hoje em dia, é uma das favoritas da elite para fazer cerimônias. Portanto, é bem comum ver noivas prestes a adentrar o local.

No entanto, nos dias em que não há eventos, é possível conhecer toda a construção por dentro, em especial pelo altar-mor rico em detalhes. Com revestimento dourado e peças de madeira talhada, é uma arquitetura de tirar o fôlego.

7. Paço da Alfândega

É uma enorme construção que tem uma fachada amarela, que fica ao lado da Igreja Madre de Deus, datada de 1732.

No decorrer dos seus mais de 250 anos, o local foi o Porto de Recife e, durante a ocupação holandesa, abrigou o Convento dos Padres da Ordem de São Felipe Néri.

Mas, a partir de 1826, serviu como sede da Alfândega. Um projeto de restauração dos anos 2000 transformou o local em um centro comercial e cultural.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo