Destino Nacional

Melhor roteiro para conhecer as cidades históricas de minas gerais [2023]

Acima de tudo, se você deseja conhecer bem o Brasil não pode deixar de percorrer esse roteiro de visita as cidades históricas de Minas Gerais. Esses locais fazem parte da nossa história, e são cenários de momentos importantes como o ciclo do ouro, inconfidência mineira, e as disputas entre índios e fazendeiros.

Portanto, para saber mais sobre o impacto dessas cidades na história do nosso país, leia este artigo até o fim, pois encontrará o melhor roteiro de visita as cidades históricas de Minas gerais.

Sem dúvidas Minas Gerais é um destino incrível para uma viagem a dois. Quer saber mais sobre as cidades em MG para os casais apaixonados? Leia o post 7 Cidades românticas em Minas Gerais.

O que este artigo aborda:

1ª parada: Tiradentes

Antes de mais nada, Tiradentes é, entre as cidades históricas de Minas Gerais, aquela que melhor aproximou o passado da modernidade. Afinal, é possível encontrar pelas suas ruas lojas novas, ao lado de feirinhas de antiguidades, pousadas que se tornaram boutiques, restaurantes luxuosos e requintados, localizados nas ruas percorridas por charretes e pangarés. Dessa maneira, mesmo um passeio sem compromisso pelas ruas de Tiradentes já é uma verdadeira atração turística.

Por isso, percorra a ruas Ministro Gabriel Passos, e a rua da Câmara para conhecer o centrinho de Tiradentes. Não deixe também de visitar o Museu da Liturgia e o Instituto Mário Mendonça. Além disso, o Chafariz de São José, localizado em uma das praças principais, é outra atração que merece ser vista.

Porém, se você gostaria de fazer um passeio religioso em Tiradentes, conhecer a rota das Igrejas pode ser uma boa programação para você. O trajeto completo tem duração de mais de uma hora, e surpreende também pela bela arquitetura que é um registro da nossa própria história. 

A rota das Igrejas percorre os seguintes locais: Capela Senhor Bom Jesus da Pobreza;

Capela de Nossa Senhora do Rosário; Capela Santo Antônio do Canjica; Capela dos Passos; Igreja de São Francisco de Paula, entre outros.

O Santuário da santíssima Trindade é, sem dúvida, o monumento religioso mais popular da cidade, e por isso é um local de peregrinação visitado por fiéis de todo o país. Afinal, em seu interior se encontra uma imagem de Deus em tamanho natural em um papel de madeira. Além disso, a arquitetura do monumento no estilo barroco também deve ser destacada.

Do mesmo modo, para os que estão visitando Tiradentes com mais tempo, indicamos percorrerem mais 6km até a cidade de Bichinho que tem como atração principal o seu artesanato ecológico.

2ª parada: São João Del- Rey

A 2ª cidade a ser visitada nesse roteiro pelas cidades históricas de Minas Gerais está localizada a 20 km de Tiradentes. A melhor maneira de chegar ao local é percorrer o trajeto de Trem Maria-fumaça. O passeio de trem tem duração de 2 horas e meia, atravessando 13 km da Antiga estrada de Ferro Oeste de Minas, com vista para a Serra de São José da janelinha. Além disso, durante o passeio instrutores compartilham sobre a história das estações, e dos rios e montanhas ao redor.

Embora São João Del-Rey tenha sido afetado diretamente pelo desenvolvimento urbano e econômico, a arquitetura e cultura local ainda são mantidas. Portanto, não deixe de visitar a Igreja Nossa Senhora do Carmo que tem seu interior todo branco, e também a Igreja de São Francisco de Assis.

3ª Parada: Congonhas

Visitar a cidade de Congonhas é, de fato, conhecer uma pequena cidade mineira. Dessa maneira, o local nos teletransporta para a antiga Minas Gerais. Suas ruas e arquitetura já são, em si mesmas atrações para os turistas que visitam o local. Além disso, é possível visitar ainda dois museus em Congonhas: Museu da Romaria, e o Museu da Imagem e Memória. Por fim, não deixe de conhecer a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, considerada pela Unesco Patrimônio Cultural da Humanidade. No local são encontradas as obras-primas de Aleijadinho. 

4ª parada: Ouro Preto

A cidade de Ouro Preto não poderia deixar de fazer parte deste roteiro de visita as cidades históricas de Minas Gerais. Afinal, a cidade é a melhor representação do período colonial Brasileiro. Vale a pena caminhar pelo centro da cidade, subindo e descendo as suas inúmeras ladeiras. Além disso, não deixe de visitar o Museu da Inconfidência e a Igreja de São Franscisco de Assis. Se você aprecia artesanatos, aproveite para buscar algumas peças na Feira do Largo de Coimbra. 

Do mesmo modo, visite o centro histórico da cidade de Ouro preto, especialmente o Museu da Inconfidência, e cadeia de Vila Rica, locais onde importantes registros da nossa história podem ser encontrados.

Além desses, outros pontos turísticos de Ouro Preto que mecerem ser conhecidos são a Igreja da Nossa Senhora do Carmo, o Teatro Municipal, que é o mais antigo do país, e ainda a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, que é, sem dúvida, uma das Igrejas mais belas do Brasil.

Você vai viajar pelo Brasil? Que tal conhecer bem o estado de Minas Gerais?! Não deixe de ler o post sobre O que fazer em Ouro Preto.

5ª parada: Mariana

A cidade de Mariana está a somente 15 km de distância de Ouro Preto. Além de ter sido a capital de Minas Gerais, a cidade mantém o seu centro-histórico intacto, visto que não foi afetado pelo acidente no Rio Doce. 

Por isso, vale a pena visitar a região, especialmente a Praça Minas Gerais, onde inúmeras atrações são encontradas. Neste local é possível visitar as Igrejas de São Francisco de Assis e Nossa Senhora do Carmo, e também a Casa de Câmera que é um importante ponto turístico da cidade. Além desses, na mesma praça encontramos o Pelourinho, onde antigos escravos e infratores eram castigados.

Do mesmo modo, outro ponto turístico imperdível de Mariana é a Mina de Ouro da passagem, que conta com uma descida de mais de 120 metros. Entrar em uma mina de ouro verdadeira é uma experiência única, e imperdível. 

Por fim, se você é apreciador de obras artísticas, um bom passeio em Mariana é conhecer a Casa dos Artistas Mestre Ataíde. Trata-se de um casarão antigo, ocupado por alguns ateliês, onde é possível vermos artistas trabalhando durante o dia. 

6ª parada: Sábara

Nossa última parada nesse roteiro para conhecer as cidades históricas de minas gerais, está essa pequena cidade chamada Sabará foi fundada durante a melhor época do Ciclo do Ouro, no século XVIII. Por isso, encontramos no município uma variedade de construções antigas. Porém, suas igrejas são os principais pontos turísticos da cidade. Afinal, mantém intacta a construção barroca original. 

Portanto, não deixe de conhecer a Igreja Nossa Senhora do Ó, e também a Matriz de Nossa Senhora da Conceição. A maioria das obras e monumentos nesses locais são de autoria de Aleijadinho, o que torna os itens ainda mais especiais.

Curiosidades pela rota das cidades históricas:

Amarantina

Nesta cidade está localizado o Museu das reduções. Nele estão expostas 27 réplicas de monumentos e construções como o Farol da Barra de Salvador, e as casas de Paraty.

Itabirito

Aqui é possível visitar o Jeca Tatu, o famoso museu de antiguidades e instrumentos musicais, que ficam expostos pelas diversas paredes e prateleiras.  Além disso, lá são vistos também discos, pôsteres, vitrolas, e belos carros antigos ocupam seu jardim.

Lavras Novas

Essa é uma daquelas gratas surpresas pelo caminho. Uma vila pitoresca onde ainda é possível encontrar crianças pelas ruas, o papo de comadre nas janelas, os idosos passeando pelas praças.

O local recebe mais movimento nos fins de semana, quando os restaurantes e pousadas funcionam. 

Além disso, a vila reserva uma vista para as montanhas de tirar o fôlego. Lá ainda é possível visitar cachoeiras lindíssimas.

Instituto Inhotim

O centro de Arte contemporânea a céu aberto, Inhotim, é um espaço único no mundo. Portanto, merece receber uma visita dedicada somente a ele. Seus jardins possuem uma grande diversidade de plantas, que ornam perfeitamente com as 23 galerias e 22 instalações que o espaço possui.

Além disso, os mais importantes artistas dos séculos XX e XXI possuem suas obras presentes no acervo desse local que é dono de uma atmosfera muito especial.

Dicas especiais para a viagem as cidades históricas de Minas Gerais

Em primeiro lugar, a maior parte dos passeios do roteiro as cidades históricas de Minas Gerais são realizados a pé, por isso, escolha os seus sapatos mais confortáveis para te acompanharem nesta aventura.

Mantenha as câmeras sempre preparadas para registrar o cotidiano mineiro, que já é, em si mesmo, uma atração especial. Por isso, não perca a oportunidade de papear com os comerciantes, atendentes e as pessoas locais. Dessa maneira, seu passeio será ainda mais rico.

Por último, mas não menos importante, delicie-se com a gastronomia mineira, e aproveite para conhecer os pratos típicos e a culinária local. Queijos, goiabadas, feijão troupeiro, leitão a pururuca, entre outros, são alguns dos itens que você não pode deixar de experimentar em sua viagem.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo