Turismo em Foz do Iguaçu com diversão e aventura

Turismo em Foz do Iguaçu com diversão e aventura
Deni Williams / Flickr

O que se faz em Foz? Bom, podemos começar por encontrar tamanduás gigantes, bugios, jaguatiricas e onças pintadas em perigo de extinção, além de milhares de borboletas, estão entre as atrações deste parque designado como Patrimônio Mundial, que marca a fronteira entre o Brasil e a Argentina. A pé ou de jangada, os exploradores podem ver uma das cachoeiras mais espetaculares do mundo: as Cataratas do Iguaçu. São 270 quedas d`água do parque, é impressionante mesmo a Garganta do Diabo, ela reúne 14 cachoeiras e produz um “arco-íris eterno”, em dias de clima bom.

Outra coisa bacana é a biodiversidade e a paisagem singular de beleza das Cataratas do Iguaçu, elas fizeram do Parque Nacional do Iguaçu a primeira Unidade de Conservação do Brasil nomeada Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO. AEEEEEEEEEEE… ai sim, heim!

Foz do Iguaçu é um município brasileiro que fica no estado do Paraná, do qual é o 7º mais populoso, com 260 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Conhecida internacionalmente como Cataratas do Iguaçu, uma das vencedoras do concurso que elegeu as 7 Maravilhas da Natureza, e pela Usina Hidrelétrica de Itaipu, a segunda maior do mundo em tamanho e primeira em geração de energia, que em 1996 foi considerada uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis. (caracas, isso é muito legal!!)

Integra uma área urbana com mais de 700 mil habitantes, área que é constituída também por Puerto Iguazú, na Argentina e Ciudad del Este, no Paraguai, países com os quais o município tem fronteira. Iguaçu é um nome de origem indígena, podendo ser decomposto, na forma, originalmente, em Y (água) e guazú (grande), onde, por acréscimo de uma vogal, chegamos ao nome de hoje. Seus moradores são chamados de iguaçuenses. (aposto que essa você não sabia!! hehe)

Em 1924 os revoltosos da Coluna Prestes saíram da capital paulista iniciando sua marcha para o interior do estado. Chegando no Paraná, conquistaram muitas cidades fronteiriças ao Paraguai, sendo assim, estabeleceram seu quartel-general em Foz do Iguaçu. Permaneceram até 1925, quando atravessaram o rio Paraná chegando no Paraguai rumo a Mato Grosso.

Agora, a história do Parque Nacional do Iguaçu começa ainda, no ano de 1916, com Alberto Santos Dumont, sim… o pai da aviação, passando por Foz do Iguaçu.

A estrada que liga Foz do Iguaçu a Curitiba tomou sua primeira forma em 1920, dizem que ela era bem precária e cheia de obstáculos. Na a partir da década de 50 iniciou-se o asfaltamento dessa estrada que ligaria o Paraná de leste a oeste, de Foz do Iguaçu à Paranaguá, inaugurada em 1969.

Com a inauguração da Ponte Internacional da Amizade (entre o Brasil e o Paraguai) e inauguração da BR-277, ligando Foz do Iguaçu a Curitiba e ao litoral, Foz do Iguaçu teve seu desenvolvimento acelerado, intensificando seu comércio, principalmente com a cidade paraguaia de Ciudad del Este. E a construção da Usina Hidrelétrica de Itaipu, iniciada na década de 70, causou fortes impactos em toda a região, aumentando consideravelmente o contingente populacional do município, passando de 33 mil habitantes em 1970 para 136 mil habitantes em dez anos. Foi registrado um crescimento de 385% por lá.

As principais fontes de renda de Foz do Iguaçu são o turismo (que gira o comércio e a prestação de serviços) e a geração de energia elétrica. Pode acreitar, é o segundo destino de turistas estrangeiros no país e o primeiro da região sul. o/ ebaaa!

O município de Foz do Iguaçu é conhecido internacionalmente por suas atrações (elas trazem visitantes do Brasil todo e do mundo também). A mais famosa delas é o conjunto de quedas, Cataratas do Iguaçu, no Parque Nacional do Iguaçu (Patrimônio Mundial Natural da Humanidade tombado pela UNESCO), a Hidrelétrica Binacional de Itaipu (maior hidrelétrica do mundo em produção anual de energia), o Marco das Três Fronteiras, a foz do Rio Iguaçu no Rio Paraná (área onde as fronteiras da Argentina, Brasil e Paraguai se encontram), a Ponte Internacional da Amizade (divisa entre Brasil e Paraguai) e Ponte da Fraternidade (divisa entre Brasil e Argentina), o Parque das Aves (com aproximadamente 900 aves de 150 espécies)… … Além dos tradicionais atrativos da cidade, o que é outro fator de atração de turistas é a possibilidade de compra de produtos com preços reduzidos na vizinha Ciudad del Este. Durante todo o ano é grande o fluxo de sacoleiros (como são conhecidas as pessoas que compram em grande quantidade no Paraguai para revender no Brasil) que atravessam a Ponte da Amizade apenas para comprar, uma vez que normalmente pernoitam em Foz. (vamos às compras?? rsrs)

Outro atrativo oferecido pelas cidades vizinhas é a possibilidade de conhecer o lado argentino das Cataratas; nas proximidades também é possível frequentar os cassinos, atividade não permitida no Brasil. (isso é muito loko, muito legal! Novas experiencias sem crime.. kkk)

O Programa Caminhos do Turismo Integrado ao Lago de Itaipu é composto por três roteiros:

  1. Caminhos rurais e ecológicos;
  2. Caminhos das águas
  3. Caminhos da colonização; os quais mostram todas as riquezas naturais da região lindeira ao Lago de Itaipu, formada por 16 municípios que tiveram parte de seus territórios alagados pelo reservatório da Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Foz do Iguaçu conta com um dos maiores parques hoteleiros do Brasil e com o Aeroporto Internacional Cataratas, servido pelas principais companhias aéreas nacionais e algumas internacionais. Além das conhecidas atrações turísticas, conta com uma grande variedade de restaurantes, churrascarias, bares e casas noturnas e um shopping center. O acesso rodoviário é feito pela BR-277, onde o término se dá na Ponte da Amizade.

Agora, vamos falar de coisa boa… hummm deu uma fominha!! 🙂

A comida típica da cidade é o Pirá de Foz, mas o Dourado Assado (peixe escamoso encontrado no Rio Paraná) faz grande sucesso na gastronomia local, prove o seu quando estiver por lá, tenho certeza de que não vai se arrepender. Acontece o Concurso do Dourado Assado, atraindo milhares de pessoas, anualmente. Em Foz do Iguaçu, tem diversos estilos de restaurantes, de variadas gastronomias, inclusive os tradicionais fast foods. EBAAAAA tem MC Donald’s, ufa!! rs

Mas tem um detalhe que eu preciso te contar: a culinária libanesa também recebe o seu destaque em Foz do Iguaçu, que possui vários estabelecimentos neste segmento, com destaque para o shawarma, um sanduíche feito com carne ou frango, muito apreciado por moradores e turistas.

Por enquanto é isso, até a próxima viagem! 😉

Avaliação
Data da avaliação:
O que foi:
Foz do Iguaçu
Nota:
5

Deixe seu comentário:

Por Redação

O Programa Caminhos do Turismo Integrado ao Lago de Itaipu é composto por três roteiros: 1) Caminhos rurais e ecológicos; 2) Caminhos das águas e 3) Caminhos da colonização; os quais mostram todas as riquezas naturais da região lindeira ao Lago de Itaipu, formada por 16 municípios que tiveram parte de seus territórios alagados pelo reservatório da Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Conhecida internacionalmente pelas Cataratas do Iguaçu, uma das vencedoras do concurso que escolheu as 7 Maravilhas da Natureza, e pela Usina Hidrelétrica de Itaipu, a segunda maior do mundo em tamanho e primeira em geração de energia, que em 1996 foi considerada uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis.

+ Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu tem passeios incríveis, confira as dicas de turismo
Foz do Iguaçu tem passeios incríveis, confira as dicas de turismo
Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,