Centro Histórico de São Paulo

São Paulo tem Turismo para negócios e diversão
São Paulo tem Turismo para negócios e diversão

São Paulo tem Turismo para negócios e diversão

São Paulo, Terra da garoa, sétima cidade mais populosa do planeta, onde cada pedacinho revela uma cultura diferente e incrível. São Paulo tem pontos turísticos urbanos, que traz viajantes do mundo inteiro com passagens aéreas para negócios e grandes eventos como a parada gay.

História e modernidade, cultura, beleza, riqueza, tudo isso reunido em um único Estado brasileiro: São Paulo. Podemos defini-lo como o roteiro das grandes oportunidades, todos que passam por aqui podem visitar os mais conceituados eventos, seminários, convenções, feiras, congressos e exposições mundialmente reconhecidas. E esse papo é bem sério, se liga e acompanha o que descobrimos pra você que vai passar por São Paulo sem gastar muito. Podemos dizer que 'Sampa' basicamente, que tem uma baita miscigenação cultural e que que o business por lá é como o coração de mãe, sempre cabe mais um. Se destaca um bocado pela culinária e a arte que são praticamente exclusivas de São Paulo. A maior cidade na América do Sul é tão multinacional quanto sua diversificada população de 10 milhões de habitantes. Com os restaurantes servindo todos os tipos imagináveis de pratos, e lanchonetes do mundo inteiro, bares e pubs não seria estranho você ir a São Paulo só para comer. Mas você perderia museus de nível internacional, excursões pelos diferentes e animados bairros, além de ótimas compras. Uma 'semi' Nova York, diria. rs Considerada a principal porta de entrada de turistas estrangeiros no país, a cidade recebe mais de 50% dos voos internacionais e conta ainda com a segunda maior frota de helicópteros do planeta e um dos maiores fluxos de jatos particulares do espaço. Com mais de 44.000.000 (milhões) de habitantes (equivale a cerca de 22% da população brasileira, meu é muita gente) é o estado mais populoso do Brasil e a terceira unidade política mais populosa da América do Sul. É uma dimensão gigantesca, sendo superado somente pelos demais estados do país em conjunto e pela Colômbia. A população paulista é uma das mais diversificadas do nosso país ela descende principalmente de italianos, segundo a história, que começaram a emigrar para o país no fim do século XIX, de portugueses, que colonizaram o Brasil e instalaram os primeiros assentamentos europeus por lá, de povos nativos, africanos e migrantes de outras regiões do país. Também encontramos árabes, alemães, espanhóis, japoneses e chineses que tiveram presença significativa na composição étnica da população. Bacana essa mistura, só que to chegando a conclusão que não há raça específica mesmo por lá... é uma 'mistureba' só, parece minhas raízes, acho que também tenho um pé por ali! kkkkk Além da economia bem sucedida, São Paulo possui os índices sociais bons em comparação ao registrados no restante do país, como o segundo maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), o segundo maior PIB (Produto Interno Bruto) por pessoa, a segunda menor taxa de mortalidade infantil e a quarta menor taxa de analfabetismo (entre as unidades federativas brasileiras) então... tá bem, né?! Se fosse um país independente, seu PIB nominal poderia ser classificado entre os 20 maiores do mundo na estimativa de 2010. (essa galera tá brincando não, rapaizz). São Paulo possui o maior parque industrial e o maior PIB entre todos os estados brasileiros (a galera rica está por lá!!) A economia paulista responde por cerca de 32,1% do total de riquezas produzidas no Brasil, o que tornou o estado conhecido como a 'locomotiva do país'. Falando um pouco de história, o território paulista já era habitado por povos indígenas. No início do século XVI, o litoral da região começou receber as visitas de portugueses e espanhóis. Em 1532 o português Martim Afonso de Sousa fundaria a primeira povoação de origem europeia, São Vicente, na Baixada Santista. No século XVII, os bandeirantes paulistas intensificaram a exploração do adentrando a colônia que expandiu os domínios territoriais dos portugueses na América do Sul. No século XVIII a região começa a ganhar peso político e depois da independência, São Paulo torna-se um grande produtor café, o que acaba por criar uma rica oligarquia rural regional. Com Getúlio Vargas, o estado é um dos primeiros a iniciar um processo de industrialização e sua população se torna uma das mais urbanas nacionais. [caption id="attachment_323" align="alignnone" width="800"] Alan Corrêa[/caption] Agora, falando um pouco de natureza, mas vamos ampliar para o estado, ok! A maior parte da vegetação natural do estado de SP é formada pela Mata Atlântica e cerrado. O primeiro, com sua típica fauna e flora ricas. Agora, o território paulista na época da colonização portuguesa e foi bastante devastado (principalmente na época da expansão cafeeira para o oeste no século XX). Restou menos de 9% dos remanescentes originais, espalhados em vários fragmentos, protegidos por lei estadual e na Serra do Mar tem a Mata Atlântica. Milhares de passagens aéreas são vendidas para as viagens empresariais, mas o turismo por São Paulo é muito mais para negócios, encontramos muita diversão.

Lugares para visitar quando estiver em 'Sampa'

  • Parque Ibirapuera,
  • Museu de Arte de São Paulo,
  • Pinacoteca do Estado de São Paulo,
  • Museu da Língua Portuguesa, Sala São Paulo,
  • Teatro Municipal de São Paulo,
  • Auditório Ibirapuera,
  • Catedral Metropolitana de São Paulo,
  • Edifício Copan,
  • Memorial da América Latina,
  • Pátio do Colégio,
  • Instituto Butantan,
  • Museu do Ipiranga,
  • Edifício Altino Arantes,
  • Edifício Itália,
  • Bienal Internacional de Arte de São Paulo,
  • Praça da Sé,
  • Estação da Luz,
  • Centro Histórico de São Paulo,
  • Rua 25 de Março,
  • Rua Santa Efigênia,
  • São Paulo Fashion Week,
  • Museu da Imagem e do Som de São Paulo,
  • Parque Zoológico de São Paulo,
  • Museu de Arte Moderna de São Paulo,
  • Catavento Cultural,
  • Carnaval do Brasil,
  • Pico do Jaraguá,
  • Obelisco de São Paulo,
  • Hopi Hari,
  • Wetn't Wild,
  • Citibank Hall,
  • Fundação Cultural Ema Gordon Klabin,
  • Parada do orgulho GLBT de São Paulo,
  • Represa de Guarapiranga,
  • Nascente do Rio Tietê (apesar de ficar em Salesópolis, diria que é o rio mais importante pela cidade de São Paulo),
  • Monumento à Independência do Brasil,
  • Festival Internacional da Linguagem Eletrônica,
  • Aquário de São Paulo,
  • Arena Corinthians,
  • Estádio do Canindé,
  • Cemitério do Murumbi,
  • Riacho do Ipiranga,
  • Via Funchal,
  • Mostra Internacional de Cinema de São Paulo,
  • Estádio Conde Rodolfo Crespi,
  • Estádio Palestra Itália,
  • Feira de antiguidades do MASP,
  • Templo de Salomão,
  • Parque do Trote (Vila Guilherme),
  • Avenida Angélica,
  • SESC SP,
  • Avenida Paulista (que fica lindíssima no natal),
  • Parque Vila Lobos,
  • Parque da Água Branca e até o Parque Anhanguera que fica em no bairro de Perus.