Fortaleza mais que lua de mel, pontos turísticos para a família

Fortaleza mais que lua de mel, pontos turísticos para a família
Ricardo / Flickr

As praias são a principal atração desta cidade quentinha e ensolarada, em ráaaapido desenvolvimento e com chuvas mais rápidas ainda…

Fortaleza, particularmente boêmia: a linda Iracema, a bela Meireles, ideal para famílias, Mucuripe, base de pesca e passeios de barco e a tranquila Praia do Futuro. As barracas no Mercado Central ou na Feirinha Beira Mar divertem os turistas com o artesanato local, de cerâmica a artigos em crochê e couro.

A Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção, construída pelos holandeses no centro da cidade em 1649, marca o ponto de origem de Fortaleza. Gostou, né… então presta atenção que tem mais sobre esse passeio e dicas de turismo pra você!

Localizada no litoral Atlântico, tem 34 km de praias. o/ Deliiiiicia!!! Tem a maior densidade demográfica entre as capitais do país, com 7 786,4 hab/km² (mas é muita gente, heim!). É a maior cidade do Ceará em população, a quinta do Brasil, você acredita?!! É a 81ª do mundo em 2010. É a cidade nordestina com a maior área de influência regional e possui a terceira maior rede urbana do Brasil em população, atrás apenas de São Paulo e do Rio de Janeiro. NOSSA, NOSSA!! 🙂

Fortaleza é mais um município brasileiro, capital do estado do Ceará (Nordeste do país). A cidade desenvolveu-se às margens do riacho Pajeú. O Forte Schoonenborch deu origem à cidade, construído pelos holandeses durante sua segunda permanência no local, entre 1649 e 1654 e o lema de da cidade é a palavra em latim Fortitudine, que significa força, valor, coragem. Bacana néeah! Mais uma curiosidade… A BR-116, a mais importante rodovia do país, começa em Fortaleza!

E tem mais… Batizada de Loira Desposada do Sol pelos versos do poeta Paula Ney, a metrópole cearense é a terra natal de grandes nomes como José de Alencar, Rachel de Queiroz, Dom Hélder Câmara, Capistrano de Abreu, Chico Anysio, Karim Aïnouz, Casimiro Montenegro Filho, Maurício Peixoto e o ex-presidente Castelo Branco. (será q porque lá é bem grande, ou é terra de gente boa?!)

Falando em coisas agradáveis… apesar do meio ambiente de Fortaleza ser parecido com outras cidades de litoral do Brasil, o clima é quente, com temperatura anual média de 26 °C (‘rapaizzz’, isso é quentinho!). A vegetação predominante é de mangue e restinga. O Parque Ecológico do Cocó é uma delicia… e é celebridade por lá por ser a maior área verde da cidade e um dos maiores parques urbanos da América Latina (huhuull).

A vegetação de Fortaleza é tipicamente litorânea, as áreas de restinga encontram-se nas regiões de dunas próximas às fozes dos rios Ceará, rio Cocó e rio Pacoti, nos leitos dos quais há ainda mata de mangue. Agora, na cidade mesmo… já não existe vegetação nativa, constituindo-se de vegetação variada, árvores frutíferas normalmente.

A cidade abriga sete unidades ambientais de conservação, vai vendo… o Parque Ecológico da Lagoa da Maraponga, o Parque Natural Municipal das Dunas de Sabiaguaba, a Área de Proteção Ambiental do Rio Pacoti, a Área de Proteção Ambiental da Sabiaguaba, o Parque Ecológico do Cocó, a Área de Proteção Ambiental do Estuário do Rio Ceará e o Parque Estadual Marinho da Pedra da Risca do Meio. 😉

Pra quem curte… tem a Área de Relevante Interesse Ecológico do Sítio Curió, que protege o último enclave de Mata Atlântica na zona urbana. (o/ mto bom isso!!!)

os mais importantes entre os espaços públicos de Fortaleza estão a Praça do Ferreira, palco das manifestações sociais históricas e movimentos intelectuais, considerada o “coração” da cidade, e o Passeio Público de Fortaleza, que abriga o baobá centenário que foi o palco do enforcamento de Padre Mororó e Pessoa Anta e fuzilamento outros tantos revolucionários cearenses da Confederação do Equador, também conhecida como Praça dos Mártires, patrimônio não só paisagístico mas também cultural.

A Praça dos Leões construída em 1887, é outro logradouro histórico, que além das estátuas de leões que originou seu nome, o mais antigo templo de Fortaleza… O Palácio da Luz e a Igreja do Rosário, com origens datadas em 1730.

O Parque Rio Branco é onde acontece a Semana do Meio Ambiente de Fortaleza e a Praça Portugal é um costumeiro local de encontro de tribos urbanas, em região compreendida pelos bairros da Aldeota e Meireles, conhecida pela grande concentração de centros comerciais, centros de serviços, pela agitada vida urbana e por ser uma zona mista de residências de alto padrão e comércio de luxo. (CHIQUE, benhê!)

Os limites de suas praias são: a foz dos rios Ceará (norte) e Pacoti (sul). Há significante importância para a história da cidade, a Praia da Barra do Ceará, na foz do rio, foi onde o açoriano Pero Coelho de Sousa fez sua primeira incursão, em 1603, a partir da qual construiu, em 1604, o Fortim de São Tiago, primeira fortificação da história do município.

Na Praia de Meireles que se estende até o Mucuripe, há a avenida Avenida Beira Mar, a principal concentração de hotéis de luxo da cidade e o clube Náutico Atlético Cearense que é um dos marcos da região onde rola a Feira de Artesanato da Beira-Mar. Ou seja… quer coisa boa? É na Beira Mar!!

Falando em coisa ‘booooua’, a Volta da Jurema é o local mais nobre de todos em Fortaleza, onde desenrolam os passeios de veleiro e iate pelo mar da cidade, por meio dos quais chega-se a outros pontos importantes da orla, como o Parque Eólico da Praia Mansa e o Cais do Porto.

Agora vamos falar de Mucuripe, o bairro é famoso por sua comunidade de pescadores e pela composição de Belchior que retrata o costume do jangadeiro e da jangada que são ‘OS SÍMBOLOS DO CEARÁ’. Imagina… Todos os dias, é possível contemplar das barracas os restaurantes e pontos de convivência da orla da Volta, a partida e a chegada dos jangadeiros (pescadores) de manhã cedo e no final da tarde.

Em seguida da Ponta do Mucuripe, tem a Praia do Titãzinho, famosíssima por ser o principal local para a prática do surfe por ali… (é conhecida como celeiro de talentos nacionais do esporte como Tita Tavares, tetracampeã brasileira). Ah, e tem mais.. Na região, rola um perfeito mercado de peixes e mariscos, pra quem curte e mais antiga estátua de Iracema e Martim da cidade, desde 1965.

Agora para tuuuuudo… Com certeza você já ouviu falar da Praia do Futuro, certeza… Afinal, é outro famoso ponto da belíssima orla de Fortaleza, com extensão gigante… com uma baita estrutura turística, sobretudo barracas de praia e restaurantes especializados em frutos do mar, é considerada uma das cinco praias mais movimentadas do Brasil (já pensou ter uma pontinha de terra ali??).

Lá também tem um dos melhores lugares para praticantes de mergulho… sério! Estou falando do Parque Estadual Marinho da Pedra da Risca do Meio, cerca de 10 milhas náuticas, não entendeu??? Equivale a aproximadamente 50 minutos, distante do Porto do Mucuripe, é reconhecido como um dos melhores lugares do país para a prática do mergulho.

Muito bom… eu, particularmente já fui duas vezes pra Fortaleza e no que depender de mim vou mais VÁAAAAAARIAS durante a minha vida.

Avaliação
Data da avaliação:
O que foi:
Fortaleza
Nota:
5

Deixe seu comentário:

Por Redação

Batizada de Loira Desposada do Sol pelos versos do poeta Paula Ney, a metrópole cearense é a terra natal de brasileiros de grande renome como o ex-presidente Castelo Branco e Dom Hélder Câmara, assim como Capistrano de Abreu, Gustavo Barroso, Casimiro Montenegro Filho, José de Alencar, Karim Aïnouz, Maurício Peixoto e Rachel de Queiroz. É a capital brasileira mais próxima da Europa, a 5 608 km de Lisboa, em Portugal.

O litoral de Fortaleza tem extensão de 34 quilômetros, com um total de quinze praias. Tem como limites a foz dos rios Ceará, ao norte, e Pacoti, ao sul. A Praia da Barra do Ceará, localizada na foz do rio de mesmo nome, detém significante importância para a história da cidade, pois foi onde o açoriano Pero Coelho de Sousa construiu a primeira fortificação da história do município. Na Praia de Meireles, há a avenida Avenida Beira Mar, que se estende até o Mucuripe. Nela, está a principal concentração de hotéis de luxo da cidade. O clube Náutico Atlético Cearense é um dos marcos da região, em frente ao qual acontece, todos os dias, Feira de Artesanato da Beira-Mar. A Volta da Jurema é o local mais nobre do litoral de Fortaleza, onde é possível embarcar em passeios de veleiro e iate pelo mar da cidade, por meio dos quais são percorridos outros pontos importantes da orla, como o Cais do Porto e o Parque Eólico da Praia Mansa.

O bairro do Mucuripe é famoso por sua comunidade de pescadores e pela composição de Belchior que retrata o ethos do jangadeiro e da jangada enquanto símbolos do Ceará. Há na região, ainda, um movimentado mercado de peixes e mariscos e a mais antiga estátua de Iracema e Martim da cidade, inaugurada em 1965. Logo após a Ponta do Mucuripe, está a Praia do Titãzinho, que é famosa por ser o principal local para a prática do surfe na cidade e por ser celeiro de talentos nacionais do esporte como Tita Tavares, tetracampeã brasileira. A Praia do Futuro é outro famoso ponto da orla de Fortaleza, com uma longa extensão ocupada por robusta estrutura turística, sobretudo barracas de praia e restaurantes especializados em frutos do mar, considerada uma das cinco praias mais movimentadas do Brasil. Já o Parque Estadual Marinho da Pedra da Risca do Meio, cerca de 10 milhas náuticas, ou 50 minutos, distante do Porto do Mucuripe, é reconhecido como um dos melhores lugares do país para a prática do mergulho.

+ Fortaleza

O que fazer em Fortaleza? Confira 10 pontos turísticos
O que fazer em Fortaleza? Confira 10 pontos turísticos
Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,